19 setembro 2010

Avaliação do Aluno em Artes Visuais

A pedido de uma internauta, estou colocando a disposição dicas sobre a avaliação em artes visuais, aproveite!

Quando se discute a avaliação em Arte instaura-se um conflito muito conhecido: é possível fazer uma avaliação objetiva em um contexto inevitavelmente subjetivo?

A avaliação é um retorno, um “feed-back”, uma visão processual do produto. A avaliação permite e convida a fazer, a pensar, a refletir, a aprender sobre o que foi feito e sobre o que se fará. A avaliação consistente e fundamentada permite ao artista, ao aluno, ao público e ao próprio crítico posicionar-se em relação aos trabalhos artísticos no tempo e no espaço.

A avaliação é mais ampla e não exige necessariamente um veredicto final. A avaliação pode gerar parâmetros e embasar os julgamentos exigidos pela burocracia escolar, as notas ou conceitos. Mas não podemos de modo algum resumir avaliação à nota, ou ao conceito, ambos atrelados, muitas vezes, ao prêmio ou à punição.

Nas escolas, cuja competência específica é o conhecimento, quem assume o papel privilegiado de crítico, de avaliador, de debatedor, de fundamentador da arte produzida pelos alunos - tendo o dever e o direito a avaliar os trabalhos - é o professor de Arte.

O professor de Arte pode exercer o papel do crítico, do curador, do pesquisador muito privilegiado, pois propõe, participa, conhece o processo de criação dos alunos e seus contextos específicos. O professor tem a oportunidade única de avaliar continuamente o trabalho dos alunos e alimentá-los com comentários, conhecimento, materiais. O professor ocupa uma posição que muitos críticos gostariam de ocupar: participar do processo e compartilhar o produto.

O professor precisa ter condições de avaliar o trabalho artístico em si, o uso dos materiais, as escolhas, a articulação dos elementos da linguagem, o diálogo com a história e com o contexto do trabalho. O professor de Arte é avaliador de arte, avaliador da produção de arte, e não avaliador dos alunos.

O melhor instumento para avaliar é aquele que permite o professor visualizar o processo de aprendizagem dos alunos, e os critérios basicamente são aqueles que se estabeleçe no momento em que o professor decide os objetivos a serem alcançados pela turma.

É difícil a tarefa de avaliar um trabalho realizado em Artes. Não há uma regra estabelecida e formulários para serem preenchidos. Á você, professor de artes, imagine-se como um curador, um avaliador, um crítico de arte, onde seu aluno é o artista. Para isso é preciso um amplo conhecimento na área artística, conhecimento para criação dos planejamentos e conhecimento de como ensinar arte na escola.

Trabalho com o Ensino Fundamental I. A avaliação que faço nas atividades realizadas pelos meus alunos funciona assim:
Avaliação do Produto (Atividade)
1- Avaliação Objetiva:
- Objetivos da Atividade (Observar a relação do Produto criado pelo aluno com os objetivos requeridos pelo planejamento elaborado pelo professor)
2- Avaliação Subjetiva:
- Técnicas utilizadas pelo Aluno (Elaboração das técnicas por parte do aluno)
- Processo de Criação (Escolhas, elementos de línguagens, relação da atividade com o contexto do conteúdo)


Contudo, há diversas maneiras que professores de arte utilizam para avaliar as atividades realizados pelos alunos. Pode variar de série e faixa etária. Eu não preciso atribuir notas aos meus alunos, o que sinto um alívio, pois é muito difícil. Mas se eu tivesse que atribuir notas, eu faria uma ficha com todos os elementos que pretendia avaliar (Como alguns acima) e atribuiria valores a eles, e então somaria para ter uma nota final. E complementaria com uma análise de uma obra de arte descrita em uma ficha de análise de obras de arte (Modelos em anexo). Espero ter ajudado um pouco sobre essa questão da Avaliação do aluno em Artes.

Ficha Catalográfica Digital para Obras de Arte

Roteiro para Análise de Obras de Arte


OBS.: Alguns trechos desse post foram retirados do site www.cartamaior.com.br, é da autoria de Isabel Marques e Fábio Brazil, link: Arte se Avalia?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...